A Galeria Berenice Arvani recebe a partir desta quarta-feira (10) a exposição “Arnaldo Ferrari”, em homenagem ao artista outsider da pintura paulistana do século 20.

Com curadoria assinada pelo crítico e historiador Antonio Carlos Suster Abdalla, a mostra conta com cerca de 50 telas e desenhos de diversos períodos da carreira de Ferrari, falecido em 1974.

Em seus primeiros anos de carreira, o artista pintou casarios e fachadas, produto de seu fascínio pela vida na cidade das décadas de 1950 e 1960. Depois desse período urbano, a pintura de Ferrari se dilui em geometrizações cada vez mais radicais e minimalistas.

A abertura marca também o lançamento do livro homônimo, organizado e escrito pelo curador, que, em 2013, lançou o livro “Gisela Eichbaum: canções sem palavras” também na Berenice Arvani.

“Arnaldo Ferrari” pode ser conferida de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, na Rua Oscar Freire, 540, Jardins. Mais informações no site do espaço.

SP‑Arte Profile

Subscribe and stay in touch with the main events in the world of art