SP–Arte 2019

Estela Sokol

Brasil, 1979

Sobre

Estela Sokol nasceu em São Paulo, em 1979, onde vive e trabalha. A fim de buscar um novo raciocínio pictórico na escultura, a artista usa cor e luz como elementos centrais e combina procedimentos de pintura, como encáustica, pigmento, spray e esmaltes, a matérias-primas do tipo concreto, cera de abelha, pedra, parafina, espuma, aço, latão, madeira, grafite, tecido, cerâmica e resina.

Entre as exposições nacionais e internacionais das quais participou estão as individuais "Lastro", no Centro Cultural São Paulo (São Paulo, 2003), "Se o deserto fosse laranja a coisa seria cor de rosa", no Museu da Taipa (Macau, China, 2012), e "Lanchinho", na Galeria Marília Razuk + Anita Schwartz (São Paulo, 2018); e as coletivas "Desvio", na Funarte (São Paulo, 2002), e III Bienal Internacional de Arte Gaia (Vila Nova de Gaia, Portugal, 2019).

A artista foi recipiente dos prêmios do 34º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto, em Santo André (2006), I Concurso Itamaraty de Arte contemporânea, em Brasília (2011) e Prix Piza, em Paris (2019). Suas obras compõem importante coleções como a da Pinacoteca do Estado de São Paulo, do Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, da Embaixada do Brasil em Londres e do Itamaraty.

Fonte: Galeria Kogan Amaro.


Galerias

Perfil SP‑Arte

Assine e fique por dentro dos principais acontecimentos do mundo da arte