Ana Paula Oliveira

Brasil, 1969


Sobre

Motivada pelo vigor da matéria viva, Ana Paula Oliveira cria, com suas esculturas e instalações, situações de tensão e equilíbrio entre materiais ora muito brutos, ora muito delicados. Seus trabalhos parecem nos colocar num estado de suspensão, testemunhas de um desastre que está prestes a ocorrer, mas incapazes de ter qualquer tipo de controle sobre o que se apresenta. A artista provoca diversos tipos de encontros em suas peças e instalações, como por exemplo entre animais – vivos, taxidermizados ou fundidos em chumbo e toras de madeira, blocos de ferro ou placas de vidro; contrapondo, através de gestos ou situações violentas, a leveza de um à força do outro.

Participou de inúmeras exposições individuais e coletivas, destacando-se as seguintes instituições: MAM – Museu de Arte Moderna de São Paulo, Brasil; MUBE - Museu Brasileiro de Escultura, São Paulo, Brasil; Centro Cultural São Paulo, Brasil; Caixa Cultural, Rio de Janeiro, Brasil; Paço das Artes, São Paulo, Brasil; Capela do Morumbi, São Paulo, Brasil; Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil; Casa da imagem no Beco do Pinto, São Paulo, Brasil; CEUMA – Centro Universitário Mariantonia, São Paulo, Brasil; Fábrica Asa, Guimarães, Portugal.

Fonte: Galeria Marcelo Guarnieri


Galeria



Exposições