Trajetória de Rodrigo Andrade é centro de exposição na Millan, em São Paulo

26.05.2017 – 14h58

A partir de 1º de junho, a exposição de Rodrigo Andrade ocupa os dois espaços da Millan na Vila Madalena (SP), na galeria e no anexo. Ao total, 30 telas do artista estarão à mostra, reunindo três momentos da obra de Andrade: paisagens inspiradas em obras clássicas; pinturas abstratas e ainda o que ele chama de “figuras binárias”, seu trabalho mais recente.

Intitulada Duas cavernas, a mostra é uma retrospectiva dos 33 anos de carreira de Andrade. Tanto as cavernas como seus outros trabalhos são corpos que se projetam para além do plano e conquistam o espaço. Além das pinturas com formas geométricas feitas por ele nos anos 2000, Andrade traz ainda máscaras, por meio de moldes desenhados no processo de recortar.

A mostra fica em cartaz até 1º de julho. Saiba mais
#respirearte