Novo setor da SP-Arte/2017, Repertório apresenta nomes fundamentais da arte contemporânea

27.01.2017 – 9h30

Sempre pontuando novidades, a SP-Arte apresenta em 2017 um novo setor curado, intitulado Repertório. Com seleção a cargo de Jacopo Crivelli Visconti, vai apresentar artistas brasileiros e estrangeiros fundamentais para a compreensão das práticas contemporâneas, com nomes ainda não devidamente reconhecidos pelo público.

A seleção respeita um recorte cronológico – os artistas escolhidos nasceram antes dos anos 1950, e as obras apresentadas foram produzidas até o final da década de 1980.

Entre os destaques estão Pino Pascali, ligado à Arte Povera; Richard Long, um dos mais importantes nomes ingleses da segunda metade do século 20; e Lothar Baumgarten, alemão com uma obra influenciada pela paisagem e cultura amazônica brasileira.

Confira aqui a lista completa de artistas participantes e suas respectivas galerias.

 

Sobre o curador

Jacopo Crivelli Visconti foi curador, entre outras exposições, de retrospectivas de artistas como Héctor Zamora (CCBB-SP, 2016), Sean Scully (Pinacoteca de São Paulo, 2015) e Leda Catunda (MAM-RJ, 2014), e da 12ª Bienal de Cuenca (Equador, 2014).