Mostra coletiva na Athena Contemporânea pensa na palavra como construção e discurso

14.02.2017 – 10h45

A galeria Athena Contemporânea, em Copacabana, Rio de Janeiro, apresenta a partir de 14 de fevereiro (terça-feira) a exposição coletiva Permissão para falar. Tomando a palavra como ponto de partida, a seleção busca pensar o lugar da fala e da escuta.

A curadora Fernanda Lopes selecionou nove artistas: Beto Shwafaty, Diego Bresani, Jaime Lauriano, Lais Myrrha, Laura Belém, Paula Scamparini, Sara Ramo, Vanderlei Lopes e Yuri Firmeza – que apresenta um trabalho em parceria com Frederico Benevides. Ganham destaque dez obras, em diferentes técnicas e suportes, como vídeos, objetos, fotografias, gravuras e desenhos, todas produzidas recentemente.

Em comum, todos os trabalhos fazem referência ao discurso e à história como construções, com interesse especial nos usos e variações de significados que as palavras podem assumir, dependendo de quem fala, de quem escuta ou quando são silenciadas.

Permissão para falar fica na Athena Contemporânea até 25 de março. O endereço é Avenida Atlântica, 4.240, conjuntos 210 e 211, Copacabana. Saiba mais no site da galeria.