Listamos as exposições que abrem e as que se encerram em maio em SP. Visite!

04.05.2017 – 11h45

A programação das galerias de arte paulistanas continua agitada após a SP-Arte/2017. Nove delas delas – Fita Tape, Casa Nova, Oscar Cruz, Luisa Strina, Luciana Brito, Baró, Casa Triângulo, Marcelo Guarnieri e Zipper – inauguram novas exposições; outras seguem com as abertas nos meses de março e abril.

Abaixo, selecionamos as principais atrações de alguns dos espaços presentes ao nosso festival para as próximas semanas. Confira as indicações e não deixe de visitá-las!


aberturas

(03/05) Fita Tape: Inna Cymlich e Luca Parise

 

(06/05) Japan House São Paulo: Bambu – Histórias de um Japão

 

(13/05)

Pinacoteca de São Paulo: O Anjo Exterminador, de Nelson Leirner

Casa Nova Arte e Cultura Contemporânea: Topografias intermitentes

Oficina Cultural Oswald de Andrade: Terra Nua, de Angella Conte

 

(16/05) Galeria Oscar Cruz: A Sugestão em Cor: Entre a Abstração e a Figuração

 

(18/05)

Galeria Luisa Strina: CasiNo, de Eduardo T. Basualdo

Zipper Galeria: Muito sol na cachoeira, de Bruno Novelli; e Museu mise-en-scène, de Isis Gasparini

Museu de Arte de São Paulo Assis Chateubriand – Masp: Wanda Pimentel – Envolvimentos

 

(20/05)

Luciana Brito Galeria: Outono, apesar de tudo, de Pablo Lobato

Baró Galeria: Azul da estrela, coletiva

Galeria Marcelo Guarnieri: Entre objeto e ser, de Flávia Ribeiro

Bolsa de Arte: Recortar Copiar Colar, de Elida Tessler

Casa Triângulo: Sombras imaginarias vienen por el camino imaginario, de Felipe Mujica

Pinacoteca de São Paulo: Antilogias – o fotográfico na Pinacoteca

Casa Triângulo: Sombras imaginarias vienen por el camino imaginario, de Felipe Mujica

Carbono: O importante, minha filha, é nunca tirar a mão do barro, coletiva curada por Maria Monteiro

 

(25/05) Itaú Cultural: Modos de Ver o Brasil: Itaú Cultural 30 Anos
Mendes Wood DM: Planisférios, de Letícia Ramos

 

(27/05) Andrea Rehder Arte Contemporânea: Poema Multimídia, de Paulo Aquarone


terminam neste mês

(até 13/05)

Carbono Galeria: Cinco variações, de Paulo Pasta

Baró Galeria: O conceito entre o verbo e a visualidade, de Almandrade; e 4,33 metros, de Paulo Nenflídio

Casa Triângulo: Ópera do Vento, de Nino Cais

Zipper Galeria: Improvável, de Mario Ramiro

 

(até 20/05)

Galeria Jaqueline Martins: Eu Armário de Mim, de Letícia Parente

Galeria Marilia Razuk: Babel, de Johanna Calle

Galeria Leme: Jacarezinho 92, de Ana Luisa Egreja

Galeria Marilia Razuk: Trânsito, de Gustavo Rezende

Fortes D’Aloia & Gabriel: Instâncias do Olhar, de Efrain Almeida

Galeria Nara Roesler: Prismas, Cores, Espelhos: Alto-Relevo > Trabalhos situados, de Daniel Buren; e Daniel Senise

Mendes Wood DM: old hope, de Paulo Nazareth; e Lotus Lobo

Vermelho: Arquitetura da insônia, de Nicolás Robbio; e Vera Cruz, de Rosângela Rennó

Galeria Millan: Variações para Cítera e Santa Rosa, de Nelson Felix

 

(até 21/05)

Pinacoteca de São Paulo: Pra que (2007-2009), de Eliane Prolik; e Candida Höfer

 

(até 27/05)

Blau Projects: Para sempre e um dia, de Renata Cruz

Central Galeria: Rrrrrrrrrr, de Gabriela Mureb

Galeria Raquel Arnaud: A Matéria da cor

Galeria Superfície: Da Iniciativa Utópica (Permissão em Cadência), de Rodrigo Garcia Dutra

 

(até 28/05)

Museu de Arte de São Paulo Assis Chateubriand – Masp: Avenida Paulista